Follow by Email

terça-feira, 28 de abril de 2009

Projeto Encontros com os jovens do Projovem

APRESENTAÇÃO

O Projeto Encontros com os Jovens Egressos do PROJOVEM é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa do Mestrado em Educação da Universidade Federal do Maranhão para desenvolver estudos a respeito dos jovens que participaram do Programa Federal em parceria com o Município de São Luís e supervisionado pela Universidade Federal do Maranhão.
As atividades dos encontros devem contemplar a metodologia grupos de diálogos que abordarão temas de interesses dos grupos juvenis dos bairros da cidade de São Luís, cujo foco é “educação e trabalho e cidadania”
Os encontros serão desenvolvidos em parceria com os demais programas federais, o projeto de extensão cursinho da cidadania, da Rádio Universidade e da Secretaria Municipal de Juventude.

OBJETIVOS
Incentivar o diálogo democrático com os jovens egressos do PROJOVEM, visando conhecer as suas formas de inserção social e da prática do exercício da cidadania nos espaços públicos.
Acompanhar a trajetória dos jovens egressos do PROJOVEM por meio do projeto Encontro com os jovens.
Estimular o acesso cultural por meio de programas de rádio que tratem de divulgar as produções culturais.
Estimular a criação de políticas públicas para a juventude


METODOLOGIA
A metodologia para sua implantação em cinco fases, a saber:
Planejamento – É a organização do processo onde o líder do grupo auxilia na escolha dos papéis para a realização do trabalho. Os papéis são de facilitador, anotador relator e controlador do tempo.
Diálogo – Fase da geração de idéias, anotações no flip chart de tudo o que for relevante para a solução buscada (fatos, opiniões, informações, experiências, pontos de vista, etc).
Discussão – Nesta fase entra a argumentação racional e crítica para selecionar alternativas propostas, transformando as opiniões pessoais em opiniões do grupo, na base do consentimento e não do consenso.
Conclusão/Decisão – É a escolha definitiva das alternativas onde se chaga a um consenso final a partir da decisão do grupo. Segue-se o preenchimento da pauta de acordos e a avaliação de novas alternativas que surgirem. Caso isto ocorra voltar à fase da discussão.
Avaliação – É a verificação da eficácia. Nesta fase deve ser avaliada a eficácia do trabalho, o cumprimento do objetivo, ouvidos os feedbacks sobre o processo e, finalmente, a proposição de sugestões para a continuidade das reuniões.
Esta técnica tem por objetivo desenvolver a habilidade dos grupos de buscarem uma visão do quadro como um todo, além das perspectivas individuais. A aprendizagem em equipe começa pelo “diálogo”; a capacidade dos membros de deixarem de lado sua idéias preconcebidas e participarem de um verdadeiro “pensar em conjunto”.